Pirataria

03/10/09
Enviada pelo Carlos Rogério

Amados, paz seja convosco.

Tenho andado um tanto quanto triste, para não dizer indignado, com a postura da igreja de Jesus Cristo, a saber, os crentes de hoje.

Muitos valores ora normais entre os cristãos caíram em descréditos e a mistura com o mundo moderno não nos tornaram crentes modernos e sim crentes mundanos, dado a semelhança entre uns e outros. Há exceções? Sim, e glória a Deus por elas.

Não vou me ater a enumerar os pontos de discordância entre os crentes modernos e as escrituras sagradas, nem relacionar ambos com os valores sociais, morais e a própria lei.

No entanto, um breve comentário se faz necessário já que isso tem causado asco até em pessoas denominadas ímpios, aos quais prefiro chamar de gentios.

Ao ponto!

Baixar músicas na internet é praxe entre nós cristãos, comprar CDs e DVDs piratas também, copiar os mesmos de irmãos e amigos que nos emprestam também. Alguns glorificam a Deus pelos programas de Ripar músicas, com a justificativa de que não precisam comprar os CDs porque não estão copiando para comercializar e sim para ouvir.

Enfim, gostaria que procurassem na internet alguns artigos que falem sobre isso, e constatarão que nem tudo o que é comum é correto. Seria desnecessário dizer o que a lei diz a respeito, mas isso não é suficiente.

Sou réu confesso que fiz uso deste artifício, uma vez ou outra, mas me sinto “liberto” desse tipo de coisa, que nós cristãos modernos temos como comum.

Meu Senhor um dia disse: Daí a Cesar o que é de Cesar e a Deus o que é de Deus.

Se nos exortou a dar a Cesar o que lhe pertencia por lei, ainda que uma lei arbitraria, imagina o que diria sobre dar aos nossos irmãos músicos e cantores o que lhes pertence por direito.

É vergonhoso (perdoem-me, mas não arrumei outra expressão) saber que muitos de nós nunca sequer adquiriu um CD que tanto nos abençoa, antes somente copia ou baixa. Não pensem que isso não pesará contra nós no dia do juízo.

Nem processos, nem falsos arquivos, nem campanhas da Riaa (Recording Industry Association of America). Para o grupo cristão Christian Music Trade Association, do Tennessee (EUA), são os valores morais e a fé em Deus que vão impedir o download ilegal de músicas na internet. Segundo as crenças do CMTA, baixar música protegida por direito autoral é pecado.

Procurei alguns artigos a respeito e achei este abaixo na Folha Online.

A associação representante das gravadoras gospel dos EUA formou uma força-tarefa antipirataria para tentar conter o download de músicas. O CMTA vem trabalhando para convencer os cristãos de que baixar músicas protegidas por direitos autorais é ilegal e, portanto, viola o oitavo mandamento de Deus: “não furtar”.

Além disso, o grupo planeja criar um selo sobre “o verdadeiro sentido de baixar canções ilegalmente”, que será incluído em todos os CDs de músicas cristãs.

Focando nos jovens, o CMTA planeja criar um programa educacional para que as igrejas compartilhem com suas comunidades até o final deste ano.

http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u13557.shtml

Entrei em alguns fóruns para saber o que dizem a respeito e fiquei estupefato com algumas declarações.

Fórum

“Se for pecado eu vou arder no inferno! os artistas nem ligam mais pra isso, o problema é a gravadora. Aquela velha desculpa esfarrapada de que tem funcionários a pagar e equipamentos caríssimos blá blá blá…”

“É pecado roubar? Certamente que a resposta é Sim.
“Se alguém for à casa de alguém, sem a sua autorização e suprimir e se apossar de algum bem, certamente que estará furtando e certamente que estará pecando.”

Poderia terminar dizendo: Cada um tire suas conclusões, mas não creio que isso seja algo a ser discutido e sim assimilado.

Encontrei diversos artigos da lei que tratam esse assunto, mas isso acarretaria num texto muito grande, caso fosse colocar todo o contexto da lei. Cabe a cada um averiguar as implicações dos seus atos perante a lei. Vale ressaltar que ninguém é tido como inocente ao alegar ignorância da lei.

A refletir:

Marcos 12:17, 1 Timóteo 5:18, Filipenses 4:8, Oséias 4:6,

Deus os abençoe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: