Como todo final de ano, paramos para um balanço, avaliar os prós e os contras do ano que esta se encerrando.  Algumas lembranças fazem brotar um sorriso, outras fazem cair uma lágrima. Mas o fato é que mais uma jornada esta acabando.

Decisões importantes foram tomadas, talvez algumas com resultados desfavoráveis ao que se esperava; contudo, o bom desempenho de nossas vidas ainda são reflexos das decisões que tomamos.

Que em 2011 as nossas decisões possam favorecer a todos que nos cercam, e fazer deste mundo um lugar melhor.

Gostei do poema abaixo, deixo para sua reflexão:

DECISÕES

Charles Chaplim

Hoje levantei cedo pensando no que tenho a fazer antes que o relógio marque meia-noite.

Minha função é escolher que tipo de dia que vou ter hoje.

Posso reclamar porque está chovendo,

ou agradecer às águas por lavarem a rua.

Posso ficar triste por não ter dinheiro,

ou me sentir encorajado para administrar minhas finanças, evitando o desperdício.

Posso reclamar sobre minha saúde

ou dar graças por estar vivo.

Posso me queixar dos meus pais por não terem me dado tudo o que eu queria

ou posso ser grato por ter nascido.

Posso reclamar por ter que ir trabalhar

ou agradecer por ter trabalho.

Posso sentir tédio com o trabalho doméstico

ou agradecer a Deus por ter um teto que abrigue

minha família e meus pertences.

Posso lamentar decepções com amigos

ou me entusiasmar com a possibilidade fazer novas amizades.

Se as coisas não saíram como planejei,

posso ficar feliz por ter hoje para recomeçar.

O dia está à minha frente, esperando para ser o que eu quiser.

E aqui estou eu, o escultor que pode dar forma ao meu dia e ao mundo.

 

Tudo depende só de mim.

… é claro que na dependência de Deus, porque sem ELE nada somos 🙂

“Ensina-nos a contar os nossos dias para que o nosso coração alcance sabedoria. Sal 90:12”

FELIZ ANO NOVO, MUITA PAZ E GRANDES REALIZAÇÕES

Anúncios