Hoje (31/08) foi realizada a ceia do fortalecimento em minha igreja, este ato acontece todo ultimo domingo do mês para os lideres de grupo, pastores, enfim, todos que exercem alguma função na igreja. Durante a palavra do pastor me veio à memória a ultima ceia dos doze apóstolos com Jesus. Não iria sair desta ceia fortalecida sabendo que meu mestre anunciara sua morte e mais, alguém iria traí-lo. Na realidade o sentimento que cabe a este momento é a insegurança, a tristeza…..

 Como sair fortalecido?

Horas depois daquela ceia, Jesus não foi só triado, foi abandonado, negado, torturado,  e crucificado. Os discípulos? “ Então, deixando-o, todos fugiram.” Mat 14:50

Penso que a maioria com remorso se questionava –“o que fizemos? O que vai ser de nós” – e com medo se esconderam.

 Como saímos desta história toda fortalecidos?

 “Mas, no primeiro dia da semana, alta madrugada, foram elas ao túmulo, levando os aromas que haviam preparado. E encontraram a pedra removida do sepulcro; mas, ao entrarem, não acharam o corpo do Senhor Jesus. Aconteceu que, perplexas a esse respeito, apareceram-lhes dois varões com vestes resplandecentes. Estando elas possuídas de temor, baixando os olhos para o chão, eles lhes falaram: Por que buscais entre os mortos ao que vive? Ele não está aqui, mas ressuscitou.

Lembrai-vos de como vos preveniu, estando ainda na Galiléia, quando disse:

Importa “que o Filho do Homem seja entregue nas mãos de pecadores, e seja crucificado, e ressuscite no terceiro dia.” Luc 24:1-7

 Muitas vezes o traímos, negamos, abandonamos, mas seu amor é infinito, sua misericórdia dura para sempre e a todos que o procuram  Ele jamais lança fora (João 6:27).

 Após a ressurreição os discípulos se tornaram grandes homens, cheios do Espírito Santo, proclamadores de Jesus e seu reino. Me  senti como um dos doze, mesmo que não merecendo, o sangue de Jesus foi derramado por mim, e ressuscitou por mim.

 “Pois assim diz o Alto, e o Excelso, que habita a eternidade, de quem o nome é Santo: Habito no alto e santo lugar, também com aquele que é contrito e humilde de espírito, para vivificar o espírito dos humildes, e vivificar o coração dos contritos.” Is. 57:15

Anúncios